Posts

Showing posts from September 6, 2009

Mudar a lei para reduzir os danos sociais.

Image
“Creio que é possível, sim, mudar a lei, especialmente para reduzir os danos sociais causados pelo excesso de punição e privação da liberdade dos pequenos traficantes." opina Luciana Boiteux na edição de setembro do Jornal da UFRJ. A edição trouxe excelente reportagem sobre a já perdida guerra às drogas.

No texto "A falácia de uma guerra perdida" Coryntho Baldez, faz uma crítica ao sistema proibicionista implantado pela ONU e seguido pelo Brasil e traz opiniões sensatas de Luciana Boiteux e Pedro Abramovay reproduzidas aqui.




Encarceramento de primáriosNa esteira das recomendações feitas pelas convenções da ONU, notoriamente influenciadas pelo governo norte-americano, o modelo brasileiro de controle de drogas ilícitas foi construído com base em aparatos policiais repressivos e sanções penais. O combate às grandes redes do tráfico por meio da crescente criminalização das drogas, no entanto, tem produzido resultados pífios. É o que comprova a pesquisa “Tráfico de Drogas e Co…

A guerra às drogas é uma idiotice imoral.

Simon Jenkins jornalista do The Gardian, The Sunday Times e BBC escreveu uma crítica no The Guardian que está dando o que falar. O artigo intitulado "A guerra às drogas é uma idiotice imoral. Nós precisamos da coragem da Argentina" foi publicado no dia 3 de setembro e já recebeu mais de 600 comentários online.

A edição de domingo (6) do The Observer também trouxe 4 textos de interesse, incluindo um escrito por FHC. O The Observer é o único jornal britânico publicado em cores no domingo e tem um número de leitores estimado em 1.374.000.



As opiniões de FHC à frente da recém criada Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia têm sido bem recebidas por ativistas pró-reforma na Europa. Mudanças nas leis de drogas no México e na Argentina têm sido usados como exemplos a serem seguidos, atos de coragem que os países desenvolvidos e com reconhecidos ideais de liberdade civil, já deveriam há tempos ter instituído.

O discurso de FHC já é bem conhecido dos nossos leitores e já mereceu …