AO VIVO E INTERATIVO


Opine ao vivo, sexta (29), às 13h, na WEB


Acesse www.canalsaude.fiocruz.br ou envie perguntas para canal@fiocruz.br



O Sala de Convidados, do Canal Saúde/Fiocruz, sexta-feira (29), às 13h, debate a descriminalização da maconha. De acordo com a ONU, no Brasil há mais de 3 milhões de usuários. Para a Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia, os danos causados não são maiores que os provocados pelo álcool ou tabaco, no entanto admitem que a droga pode prejudicar a saúde mental. Quais devem ser os parâmetros para debater a descriminalização da maconha no Brasil?


O público poderá esclarecer dúvidas ao vivo pela WEB, no chat, ou assistindo pela NBR e ligando 0800 701 8122. Se preferir, pode antecipar a pergunta pelo e-mail canal@fiocruz.br


Convidados – para debater o tema com internautas e telespectadores, estarão no estúdio: o coordenador do Centro Brasileiro de Políticas de Drogas, Luiz Paulo Guanabara; a diretora da Associação Internacional de Redução de Danos, Mônica Gorgulho; e o coordenador geral da Aliança Redução de Danos Fátima Cavalcanti, na Bahia, Tarcísio Andrade.


Maconha – No Brasil, desde 2006, quem é flagrado com drogas para uso pessoal não pode mais ser preso. Mas, o ato continua sendo criminoso tendo o usuário que cumprir penas alternativas. Em março, a Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia divulgou documento onde afirma que a política de proibição às drogas, baseada na repressão, falhou. Como alternativa, a comissão sugere, entre outras ações, a descriminalização da posse da maconha para consumo pessoal.


Durante o programa, conheça um Centro de Atenção Psicossocial, referência no tratamento de dependentes químicos, onde a maconha é usada na estratégia de redução de danos para os prejuízos causados por outras drogas.


Sala de Convidados – Na internet, acesse o canal saude da fiocruz, clique na TV com a inscrição “ao vivo” e participe a partir do chat associado à transmissão. Se preferir, antecipe suas perguntas: canal@fiocruz.br. No caso da televisão, é necessária uma antena parabólica conectada ao aparelho. Para saber como sintonizar a NBR em sua cidade, acesse o http://www.radiobras.gov.br/estatico/tv_nbr_sintonize.htm. O Sala de Convidados é apresentado por Renato Farias.


Assessoria de Comunicação – Canal Saúde/Fiocruz



0 comments:

Post a Comment

Subscribe